O Peso Da Responsabilidade: Blum, Camus, Aron E O Século Xx Francês

Sinopse

«O Peso da Responsabilidade» é uma análise sobre o peso histórico, o trabalho e a influência de três autores, pensadores e militantes franceses - Léon Blum, Albert Camus e Raymond Aron. A escolha deste cânone, por si mesma bastante significativa, relaciona-se com o primeiro grande trabalho de Tony Judt com verdadeiro impacto académico, «Past Imperfect», uma obra dedicada ao reconhecimento da dimensão dos intelectuais franceses no Pós-guerra. Em «O Peso da Responsabilidade» Judt procura compreender a razão pela qual, em ambientes dos quais até tinham sido politicamente próximos, a partir de dada altura passaram a ser em larga medida incompreendidos e rejeitados. Apesar da assumida simpatia de Judt por estes homens, «O Peso da Responsabilidade» é um trabalho consistente e indispensável para compreender a história dos intelectuais em França e no mundo ocidental. A obra foi, no entanto, objeto de críticas demolidoras vindas naturalmente de setores que viam na sua análise uma censura às suas próprias posições, como se Judt se estivesse precisamente a transformar no padrão de intelectual francês que criticava