Cartas Às Escolas

Sinopse

A presente edição de Cartas às Escolas corresponde à tradução feita de raiz do original The Whole Movement of Life is Learning, publicado pela Fundação Krishnamurti em 2006, um volume que reúne todas as cartas, incluindo algumas inéditas, que foram escritas regularmente pelo autor entre 1968 e 1983. Estes textos são dirigidos a professores e alunos das escolas fundadas por Krishnamurti e transmitem claramente aquilo que estas instituições deverão ser de acordo com o seu fundador. Acima de tudo, Krishnamurti defende, para além da excelência académica, a necessidade de as escolas cultivarem a totalidade do ser humano, de modo que tanto os estudantes como os educadores possam florescer em conjunto. De uma atualidade enorme, estes textos são fundamentais para pais, educadores e estudantes, bem como para aqueles que se preocupam com o insucesso dos sistemas educacionais, contribuindo assim para fortalecer o desenvolvimento interior de quem estuda, tendo em vista a criação de uma sociedade global fundada em prioridades que ultrapassam largamente o materialismo.