O Esplendor Da Liberdade No Enigma Conservador

Sinopse

O Esplendor da Liberdade no Enigma Conservador ensaia uma análise e uma crítica da ideia de liberdade na teoria política de Michael Oakeshott, conduzindo a um entendimento de liberdade que resiste a uma categorização normativa simplificada. Num primeiro momento, a liberdade apresenta um carácter implícito num contexto fortemente marcado pela influência de uma perspectiva filosófica oriunda do idealismo britânico, exibindo assim uma dimensão metafísica, moral e pré-política. Por outro lado, num segundo momento mais definitivo, argumenta-se que a liberdade exibe um carácter explicitamente político e adopta uma configuração associada a um modo de vida particular. Suportada no concreto político, garantida pela regra da lei, a liberdade afirma-se como um conjunto de direitos, deveres e liberdades, inscritos na história e no tempo de uma tradição política. Esta dimensão da liberdade projecta-se em Michael Oakeshott como um modelo conservador da liberdade liberal.