O Euro: Balanço E Perspetivas

Sinopse

A crise das dívidas soberanas que atingiu a Zona Euro sobretudo a partir de 2010 revelou a gravidade com que os «choques assimétricos» podem atingir uma união monetária e, por isso, exigiu uma reforma profunda do modelo vigente de governação, que fortalecesse os mecanismos e instituições existentes e criasse novos instrumentos capazes de auxiliar os Estados que deles necessitassem.

Decorridas duas décadas após o nascimento do Euro e perante os grandes desafios que continuam a ter de ser enfrentados, procede-se a um balanço sobre o caminho já percorrido e o que falta ainda trilhar, através da reflexão sobre os fundamentos, as implicações e as perspetivas da União Económica e Monetária, quer do ponto de vista da União Europeia como dos seus membros, em especial de Portugal.