As Metamorfoses Do Estado

Sinopse

O Estado é um Mal necessário, desnecessário, ou um Bem apetecido? Atacado nos seus alicerces teóricos por utopistas, anarquistas e marxistas, fragmentado por federalistas, regionalistas e municipalistas que pretendem capturar parcelas do seu Poder, confrontado com organizações não governamentais (ONG's) que lhe retiram o monopólio decisório, agredido por terroristas sem sede permanente..., o Estado adapta-se às conjunturas e cria novas estruturas para combater os seus inimigos internos e externos - são as suas metamorfoses!

Actualmente a Europa, enfraquecida pêlos incontáveis conflitos que a queda do Império Romano provocou, povoada por uma sociedade transnacional, encontra-se perante o controverso dilema das suas discordes elites do Poder: criar uma mega-confederação europeia que congregue os muitos Estados arruinados por políticas desastrosas e antagonistas em competições seculares, ou recriar nacionalismos esbatidos, restaurar línguas mortas, culturas esquecidas, que dêem origem a novos micro-Estados.